segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

sonhar




Todas as pessoas sonham, mas não da mesma maneira. Aqueles que sonham à noite, nos recessos empoeirados de suas mentes, acordam de manhã e percebem que foi em vão. Mas aqueles que sonham de dia são perigosos, pois sonham de olhos abertos e fazem com que seus sonhos se tornem reais.
T.E.Lawrence (Lawrence da Arábia)

domingo, 26 de dezembro de 2010




"Oooh
Why me?
Oooh
Somebody tell me why
I go to parties
And all I see
Are a room full of faces staring back at me
Tell me why
Why me"

decay



a casa fedia a merda e urina de cachorro
o animal latia loucamente como um alarme de incêndio
e ele sentado estático na poltrona, ouvia aquela musica melancólica observando a mancha na parede
tomou um gole de vinho azedo já avinagrado
jogou restante na parede
o vinho azedo mudou a cor da mancha de verde musgo para roxo
largou o copo e pensou que ainda faltava muito para o sol se por
estava escuro la dentro e ele gostaria que também ficasse escuro lá fora.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Misfit




A festa seguia noite adentro, música alta, bebida, pessoas interessantes e outras nem tanto.
Mas ele não se sentia ali, estava alheio a tudo, se sentia um estranho entre os seus.
E se esse não fosse os seus
se sentia tão distante, tudo era tão tedioso
tão cinza.
e em meio a tantos ele se sentia só
em meio a tantos tudo que ele queria era estar só.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010




o bau esta muito cheio de tranqueiras e coisas desnecessarias e vez por outra ele estufa e derrama.
em vez de arrumar é melhor jogar tudo fora e começar a preencher com coisas novas.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Iluminação




é apenas estar em completa unidade consciente com a energia da perfeição que fundamenta toda a vida, toda a pureza do amor
Viva a plenitude do caminho


Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
A cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente
Eu sei que vou te amar

Eu sei que vou sofrer
A eterna desventura de viver a espera
De viver ao lado teu
Por Toda a minha vida.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010



Todas as vezes eram iguais a primeira
um calor repentino, borboletas no estomago e o coração disparando como se fosse um beija-flor.
Não importa se era um olhar, a voz, o abraço.O mínimo contato fazia a magia se repetir.

Respire



Buscando por algo novo
Encontrei um pedaço de mim a muito perdido
Algo que procurei em tantos lugares e sempre esteve ali em mim
Tudo que tive que fazer foi acreditar
E respirar...

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Pages