terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Nirvana



Por instantes intermináveis
Permanecendo ausente de si flutuou amorfo
e na consciência que Nada era
Se fez presente no Todo

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Ciúme



"Mas compreendi que além de dois existem mais
O amor só dura em liberdade
O ciúme é só vaidade
Sofro mas eu vou te libertar
O que é que eu quero se eu te privo
Do que eu mais venero
Que é a beleza de deitar"
Raul Seixas

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Mar



ela o abrigou em seus braços
e ele estava novamente em casa
no calmo alento do seu abraço
ele adormeceu
e novamente ele era um como o todo

Pages