sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Mar



ela o abrigou em seus braços
e ele estava novamente em casa
no calmo alento do seu abraço
ele adormeceu
e novamente ele era um como o todo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages